27 maio, 2011

Atividades - Funções de linguagem - 1° ano EM

1. Nova Poética

Vou lançar a teoria do poeta sórdido.
Poeta sórdido:
Aquele em cuja poesia há a marca suja da vida.
Vai um sujeito,
Sai um sujeito de casa com a roupa de brim
                                               [branco muito bem engomada,
                e na primeira esquina passa um caminhão,
                salpica-lhe o paletó de uma nódoa de lama:

É a vida.

O poema deve ser como a nódoa no brim:
Fazer o leitor satisfeito de si dar o desespero. (...)                       Manuel Bandeira

As funções da linguagem PREDOMINANTES na "Nova Poética" são:
a) metalingüística - referencial.
b) conativa - metalingüística.
c) poética - conativa.
d) emotiva - conativa.
e) referencial - fática.

2. "A história do gerente apressado
Certa vez, um apressado gerente de uma grande empresa precisava de ir ao Rio de Janeiro para tratar de alguns assuntos urgentes.  Como tivesse muito medo de viajar, deixou o seguinte bilhete para sua recém-contratada secretária:
Maria: devo ir ao Rio amanhã sem falta.
Quero que você me 'rezerve', um lugar, 'à noite', no trem das 8 para o Rio.

Sabe o leitor o que aconteceu?
O gerente, simplesmente, perdeu o trem!
Por quê?"              (BLIKSTEIN, Izidoro. TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ESCRITA São Paulo: Ática, 1990, p.05)

O gerente perdeu o trem, porque a secretária não decodificou a problemática mensagem. Qual bilhete é mais adequado para que a comunicação se dê, de fato:
a) Maria: devo ir ao Rio amanhã sem falta. Quero que você reserve um lugar, à noite, no trem das 8 para o Rio.
b) Maria: devo ir ao Rio amanhã. Quero que você me compre, um lugar, à noite, no trem das 8 para o Rio.
c) Maria: Compre, para mim, uma passagem, em cabina com leito, no trem das 20h de amanhã (4ò feira), para o Rio de Janeiro.
d) Maria: vou ao Rio amanhã impreterivelmente.  Quero que você me compre, à noite uma passagem para o Rio no trem das 8.
e) Maria: devo ir no Rio amanhã. Quero que, à noite você me reserve, sem falta, um, lugar, no trem das oito.

3. Assinalar a alternativa em que a função apelativa da linguagem é a que prevalece:
a) Trago no meu peito um sentimento de solidão sem fim...
b) "Não discuto com o destino o que pintar eu assino"
c) Machado de Assis é um dos maiores escritores brasileiros.
d) Conheça você também a obra desse grande mestre.
e) Semântica é o estudo da significação das palavras.

4. Dos trechos que seguem, todos eles retirados do romance INCIDENTE EM ANTARES de Érico Veríssimo, a alternativa em que fica evidente a metalinguagem é
a) "- Credo quia absurdum est - intervém o Prof. Libindo, num tom de voz em que se pode ver o tipo itálico da citação latina."
b) "E o padre continuava a gritar: 'É o Juízo Final! Arrependei-vos enquanto é tempo! Orai! Orai! Orai!"
c) "O Cel. Vacariano remexe-se na sua poltrona procurando uma posição ao agrado de sua próstata."
d) "- Qual democracia! - replicou o Cel. Vacariano. - Vivemos numa cafajestocracia, isso é que é."
e) "- Usemos de todas as nossas armas. Primeiro, a nossa condição de mortos. Sejamos mais vivos que os vivos."

5. Relacione os elementos da comunicação:


a) meio para estabelecer comunicação.
b) o que envia a mensagem.
c) o que recebe a mensagem.
d) a informação.

(     ) emissor
(     ) receptor
(     ) mensagem
(     ) código



6. Ao passar um telegrama o código utilizado pelo emissor é a _________________ .
Palavra escrita

7. Em "Flávio telefonou a Carlos para felicitá-lo pelo seu aniversário." identifique:
o emissor:    o receptor:    a mensagem:     o código:

8. "Código é todo o conjunto de sinais utilizados para a transmissão de uma mensagem." Indique quais os códigos que podem ser utilizados:
1) quando falamos:
2) numa canção:
3) numa história em quadrinhos:

9. A frase jornalística cuja má formulação permite dupla leitura é:
a) Os aeroviários farão manifestação no saguão do aeroporto.
b) Pelé não consegue esconder o orgulho de seus novos filhos.
c) A equipe de jornalistas foi afastada com violência pelos seguranças do Ministério.
d) O índice inflacionário manteve-se estável em relação ao do mês passado.
e) A demissão do Ministro era aguardada por todos que vinham acompanhando o caso.

10. Assinale a opção que apresenta a função da linguagem predominante nos fragmentos a seguir:
                                                               ( I )
Maria Rosa quase que aceitava, de uma vez, para resolver a situação, tal o embaraço em que se achavam. Estiveram um momento calados.
- Gosta de versos?
- Gosto...
- Ah...
Pousou os olhos numa oleografia.
- É brinde de farmácia?
- É.
- Bonita...
- Acha?
- Acho... Boa reprodução...               (Orígenes Lessa. O FEIJÃO E O SONHO)

3 comentários: